Foto: Vanessa Freire

 

 

Integrante da comissão de frente que representou a morte do carnaval de Beagá nos anos 90.

 

 

Foto: Vanessa Freire

 

 

 

Abre-alas representando a morte do carnaval com a destaque Arabela Gonçalves.

 

 

 

 

 

 

 

Imagem do início do desfile a partir do abre-alas. Os Acadêmicos de Venda Nova iniciaram o desfile em preto e branco, alusão a morte do carnaval.

 

 

Fonte: Diário da Tarde

 

 

Destaque do abre-alas, Arabela Gonçalves, veste a fantasia "A morte da Colombina". Nota-se que mesmo utilizando cores mórbidas o traje exibe uma "chama" de esperança no retorno do carnaval de Beagá.

 

 

Foto: Vanessa Freire

 

 

 

Ala de abertura, os foliões buscam os signos e símbolos carnavalescos para fazerem a festa ressurgir.

 

 

 

Foto: Vanessa Freire

 

 

Ala "Pierrot Fuxico" resgata a nostalgia dos grandes carnavais de rua.

 

 

 

 

Foto: Vanessa Freire

 

 

Integrantes da Acadêmicos de Venda Nova na fantasia "Pierrot Pompom", mostrando que a magia do carnaval continua viva.

 

 

 

Fonte: Diário da Tarde

 

 

 

Adélia Rubini exibe a sua fantasia "Folia e serpentina", onde a alegria contagia e inunda os corações. Esta foto foi capa do Jornal "Diário da Tarde" da quarta-feira de cinzas de 2005.

 

 

 

 

 

Fonte: Hoje em Dia

 

 

A dança do mestre-sala Popô e da porta-bandeira Gabriela flagrada pelas lentes do jornal "Estado de Minas", na quarta-feira de cinzas de 2005.

 

 

Foto: Vanessa Freire

 

Mestre-sala Popô e da porta-bandeira Gabriela exibem-se para os jurados na Via-240.

 

 

 

 

 

Fonte: Diário da Tarde

 

 

 

A beleza de Amanda Marques abrilhantando a apresentação dos Acadêmicos de Venda nova, clicada em foto no jornal "Estado de Minas".

 

 

Foto: Vanessa Freire

 

 

 

A exuberância da rainha da bateria Charlie em momento de pura emoção e êxtase ao cantar o samba de Vicente Dendém.

 

 

 

Foto: Vanessa Freire

 

 

Bateria dos Acadêmicos de Venda Nova.

 

 

Foto: Vanessa Freire

 

 

 

Momento mágico de Janaína Gonçalves em seu "Baile de Máscaras"

 

 

 

 

Baianas dos Acadêmicos de Venda Nova - capa do encarte contendo os sambas-enredos do carnaval 2006

 

 

Foto: Vanessa Freire

 

 

 

A linda baiana Inhazinha trouxe vitalidade e alegria ao desfile dos Acadêmicos de Venda Nova. Ela representa a chama forte do carnaval de Belo Horizonte, renascido das cinzas como o pássaro mitológico Fênix, símbolo da escola.

 

 

Fonte: Diário da Tarde

 

 

Na parte final a escola explodiu em cores vibrantes, foram alarajados, amarelos e vermelhos. O carnaval arde forte novamente em Beagá.

 

 

Foto: Vanessa Freire

 

 

 

Imagem da ala das baianas durante seu bailado característico.

 

 

 

Foto: Vanessa Freire

 

 

 

Wilma Baratinha encerrou o desfile dos Acadêmicos de Venda Nova. Vestiu o "Fênix em chamas", representando o símbolo da escola e o próprio renascer do carnaval de Belo Horizonte.

 

 

 

 

 

 


Belo Horizonte - MG - Fones 31 99427.4064 e 98805.4267
email: contato@avendanova.com.br - facebook.com/academicosdevendanova